Geraldo Azevedo: 69 anos de poesia e cantoria

Um dos primeiros cd´s que ouvi, a coletânea “Minha história” de Geraldo Azevedo me apresentou este músico, interprete e autor de algumas das mais belas composições que ouvi, como “Dia Branco”, “Caravana”, “Bicho de sete cabeças”, “Canção da despedida”, “Moça Bonita”, “O amanhã é distante”, “Dona da minha cabeça”, dentre outras.
Geraldo Azevedo de Amorim nasceu no dia 11 de janeiro de 1945. Com 69 anos continua em plena atividade, assim como seus irmãos de canção, Alceu Valença, Zé Ramalho, Elba Ramalho, Xangai e Elomar.

Continuar lendo